Lomadee
Escrito por Lomadee

7 Perguntas Para Solange Oliveira, a E-Commerce Girl

Solange Oliveira é especialista em e-commerce, trabalha em tecnologia há 20 anos e já dirigiu os melhores e maiores e-commerces da America Latina.É mais conhecida como E-commerce Girl, tendo mais de 3.000 seguidores do Twitter. Escreve um blog de sucesso que foi premiado como um dos 100 melhores blogs brasileiros em Tecnologia.

Solange trabalha em consultoria para e-commerce e é conselheira de Lojas Virtuais no Brasil e América Latina.Nossa entrevistada do mês dá aulas na Ecommerce School de Midia Digital e Inovação em e-commerce e suas palestras têm fila de espera de seis meses!

.

.

O E-commerce cresceu 170%, no Brasil, em 2009, segundo estudo divulgado pela Visa. Você acha que teremos um crescimento ainda maior em 2010?
Sem dúvida,  toda semana eu aviso no meu site e nos releases da e-Vision: 2010 será o ano do e-commerce Nacional, todas as previsões serão batidas, todos ficarão com aquela cara de: “Puxa, porque eu não investi nisso esse ano!”.

Quais são os principais gargalos para o desenvolvimento do e-commerce no Brasil?
Ainda temos muitos gargalos, mas eu destaco três:

  • A falta de informação certamente é um dos grandes empecilhos do desenvolvimento do e-Commerce no Brasil. Ela impede que sejamos profissionais e cria alguns mitos que têm atrapalhado um pouco nosso crescimento em e-commerce . O mais forte dele é que : “Tudo que é pela internet e para a internet pode ser encontrado DE GRAÇA!”. Nada é de graça! Eu aviso sempre aos alunos: não existe plataforma de graça, não existe integração de graça, não existe consultoria de graça! Se alguém diz que é de graça é mentira. Você provavelmente irá pagar por isso de alguma forma escondida, e se é escondido já começou mal.
  • Outro ponto importante: não existe graduação na área de e-commerce, os profissionais migraram de T.I. (assim como eu), apenas pós e MBA. Existem muitos cursos por ai, mas é bom pesquisar, pois são caros e o conteúdo deixa a desejar, minha sugestão é a E-commerce School;
  • As grandes empresas, de repente, decidiram que querem entrar no e-commerce, mas não têm a menor ideia de por onde começar, com isso recrutam pessoas que não têm o perfil para os projetos. Os projetos então ficam lentos e sem retorno, isso faz as empresas desanimarem em sua estratégia digital. A cada 10 projetos de e-commerce 4 são abandonados antes mesmo do começo, 3 demoram mais de 14 meses, e 60% das empresas não veem grandes lucros no  primeiro ano e se perguntam “por que eu me meti nisso?”.

Como o crescimento de sites/blogs independentes e especializados podem contribuir para as estratégias de marketing online?
Os blogs são os grandes multiplicadores das estratégias de marketing online, é publicidade voluntária e original! Não deve ser desprezada. Traz uma receita adicional para os blogs e espalham a marca dos lojistas por lugares que ele nem imagina. Eu costumo dizer que quando o lojista oferece um plano de afiados, ele amplia as possibilidades de espalhar sua marca em  1 elevado a “n”.

Como o Marketing de Afiliados contribui para o e-commerce?
Na minha forma de pensar o Marketing de Parceiras (affiliates) é uma das estratégias de web-marketing mais  eficazes, acho que o conceito do comissionamento é facilmente absorvido pelos usuários e comerciantes. É tão importante que é um capitulo especifico das minhas aulas de Mídia Digital. As vantagens são para os dois lados, para o lojista e para o Afiliado.

Para a loja podemos destacar:

  • Programa possibilita uma maior exposição da MARCA gerando maior confiança por parte dos potenciais clientes ;
  • O programa de afiliados possibilita também um maior ALCANCE e uma ampliação do mercado atingido, na medida em que a divulgação atinge nichos que dificilmente seriam explorados por outras estratégias de marketing;
  • O pagamento de comissões aos afiliados só ocorre se a venda for efetivada e gerar uma receita, tendo assim ótimo CUSTO x BENEFÍCIO.

Para o Afiliado:

  • Qualquer pessoa, que tenha um site com uma boa visitação, pode gerar RECEITAS SEM INVESTIMENTO; nenhum investimento em infra-estrutura de e-commerce, como o software do carrinho de compras, certificações de segurança, interfaces com bancos e operadoras de cartões entre outros, uma vez que tudo isso é responsabilidade do comerciante;
  • Afiliado tem POUCO TRABALHO, é só colocar links e(ou) banners  em seu site que direcionem para o site do anunciante. Os links no formato de texto simples ou banners são fornecidos pelo anunciante;
  • O afiliado pode ter  VÁRIOS FORNECEDORES e gerar  RECEITAS ADICIONAIS, desde que os parceiros comerciantes não ofereçam produtos concorrentes.

Você saberia dizer quanto o marketing de afiliados representa do total de vendas realizadas pelo e-commerce nos EUA, por exemplo?
O marketing de afiliados tem crescido rapidamente desde a sua criação pela Amazon. Segundo um relatórios do mercado, o montante total de vendas gerado por meio das redes de Afiliados nos EUA, em 2009, foi  de US$ 8,5 bilhões. A Reuters contesta o numero e diz que foi pelo menos US$ 10,2 bilhões, de qualquer forma, é muito dinheiro!

Atualmente, os setores mais ativos para o Marketing de Afiliados nos EUA são: conteúdos adultos, jogos, indústrias de varejo e serviços de compartilhamento de arquivos.  E para 2010 espera-se que os números apontem para um crescimento na área de telefonia móvel, finanças e setores de viagens

Você utiliza o marketing de afiliados em seu blog? Poderia nos contar um pouco sobre a sua experiência de afiliada?
Sim, uso com bons resultados o Programa BuscaPé & Bonfaro.  Eu tenho muita identidade com a marca  BuscaPé, e já consegui uma remuneração bacana por causa dos anúncios publicados no meu blog. Eu pretendo agora, com a e-Vision, ingressar para o outro lado do plano de afiliados e associar a e-Vision à Lomadee por meio dos meus clientes que em geral são e-commerces de pequeno e médio porte.

Em quais lojas você gosta de comprar?
Eu faço tudo pela internet, até supermercado!  A última compra que fiz e que gostei muito foi na LojasMM.