Lomadee
Escrito por Lomadee

Ad blockers consciente?

Um dos assuntos tendências de 2016 continua sendo o uso de Ad blockers, o qual se tornou pauta em nosso blog no ano passado. Para os leigos no assunto, um ad blocker é um software que normalmente vem como uma extensão de browser ou um aplicativo que pode ser baixado por internautas os quais desejam remover anúncios em determinados sites. Ou seja, ao serem utilizados, eles podem interferir muito na vida de um produtor de conteúdo que vive de publicidade para manter o seu canal em pé.

Ad blockers

Pensando nisso, o IAB (Interactive Advertising Bureau) criou uma cartilha contra bloqueadores de anúncios num esforço para combater o número crescente de usuários de Ad blockers. Com o nome de “Ad Blocking Primer”, esta cartilha basicamente auxilia produtores de conteúdo que precisam comunicar aos seus leitores quais serão os impactos do bloqueio de anúncios para os seus negócios. A tendência é que, com Ad blockers instalados nas máquinas, os canais de conteúdo não consigam utilizar publicidade e acabem perdendo parte de sua renda.

Além disso, o IAB está lançando o seu script que detecta Ad blocks, o qual dá a oportunidade para os produtores de conteúdo visualizarem os visitantes de seus canais que bloquearam anúncios e, assim, podem iniciar um diálogo com eles sobre a importância de não bloqueá-los, selando um acordo entre eles. Este acordo (deal, em inglês) pode ser resumido nos seguintes passos:

  • Detectar o bloqueio de anúncios, a fim de iniciar uma conversa.
  • Explicar a troca do valor que a publicidade permite.
  • Pedir uma mudança de comportamento, a fim de manter uma troca equitativa.
  • Levantar as restrições ou limitar o acesso em resposta a escolha do consumidor.

Essa é uma notícia muito boa para os produtores de conteúdo, especialmente para aqueles que trabalham com Marketing de Afiliados, pois nós também utilizamos displays para divulgar as ofertas dos anunciantes. Acredita-se que, para alguém utilizar um bloqueador de anúncio em um site, é porque eles estão sendo bastante invasivos. Sendo assim, a dica é inserir publicidade em seu conteúdo de forma adequada, sem esquecer da qualidade de seu conteúdo e num nível tolerável para os visitantes.

Saiba tudo sobre Marketing de Afiliados.