Lomadee
Escrito por Lomadee

Tecnologia e conteúdo ditam o ritmo do mercado digital

 

Com 700 horas de conteúdo, 09 palcos temáticos e mais de oito mil campuseiros, a Campus Party 2017 mostrou porque é a maior experiência tecnológica do mundo – e é claro que a Lomadee não poderia ficar de fora. Fizemos aqui um resumo sobre o que a gente viu e quer compartilhar com você =)

Nos seus seis dias de duração, a Campus Party foi populada por jovens que prometem virar o mercado de trabalho de cabeça para baixo – e não é a toa, já que se trata de uma geração empreendedora por natureza. Assim, o futuro do mercado se mostra muito mais crítico, preocupado com a sustentabilidade e com a utilização da tecnologia para a melhoria do dia-a-dia on e offline

O Reduza.com, uma das startups presentes no evento e publisher da Lomadee, definiu a CP como um evento que “transpira informação, conhecimento e inovação” e que acredita que a tendência está a favor daqueles “que facilitam a vida do consumidor”. E as tendências de mercado não nos deixam negar esse novo universo – afinal,  questões como a integração harmoniosa entre o mercado físico e o digital e a democratização da tecnologia entre gêneros e faixas etárias são grandes apostas para o futuro.

Além disso, esses jovens mostraram que as palavras de ordem do mercado digital já são empreendedorismo e empoderamento - e quem comprova isso é Maíra Medeiros, Becca Pires, Maddu Magalhães, Nátaly Neri e Paula Landucci, responsáveis pelo painel sobre empoderamento feminino na CP.

Segundo elas, o mercado de tecnologia está mudando e quebrando paradigmas.O Youtube, por exemplo, se transformou em um dos principais provedores de conteúdo, onde estão os formadores de opinião. Os jovens vem cada vez menos televisão e encontram no Youtube uma plataforma com ídolos próximos e reais, que trazem experiências pessoais e identificação.  

E esse novo público é também o novo consumidor, que busca a melhor experiência, tanto de compra, baseando-se em opinião de amigos ou pessoas em que eles confiam, quanto no conteúdo relevante e verdadeiro que quer consumir.

E falando em conteúdo, Carlos Alberto Ferreira, trouxe “10 dicas para uma comunicação digital efetiva”, contando um pouco sobre o que a Globo faz em suas redes sociais – que tal usá-las para seu canal também? ;)

Dica #1 Use as redes de modo estratégico

Entenda quem é seu público, qual o conteúdo relevante para ele e crie pautas, posts com frequência e encoraje o relacionamento com os fãs e seguidores.

Dica #2 Escolha a rede que faz sentido para o seu negócio

Você não precisa estar em todas as redes sociais apenas para ter um perfil, entenda qual é relevante para as pessoas que consomem seu produto/ conteúdo.

Dica #3 Comunique para os fãs, clientes e investidores

Invista em boa redação, boa fotografia e na conversa com as pessoas que estão nas suas redes. Elas são a sua imagem e representam a sua marca com os consumidores.

Dica #4 Utilize influenciadores

Como falamos, hoje as pessoas confiam nas indicações de amigos ou formadores de opinião. A relação que você cria com os influenciadores precisa ser verdadeira.Nem sempre o melhor para você é ter o influenciador com mais seguidores ou o famoso do momento - entenda sempre o seu público e quem é referência para ele.

Dica #5 Crie uma rotina de publicação

Planejamento é tudo! Ter uma grade de publicações para alimentar seus fãs é essencial, mas não deixe cair na rotina. Criatividade e assuntos relevantes são a aposta perfeira! 

Dica #6 Meça os resultados

A análise de dados te ajudará a entender melhor seu público e a planejar os próximos passos. Acompanhe diariamente seus resultados – eles são seu principal feedback de performance.

Dica #7 Aproprie-se dos dados

Os resultados ajudarão a entender o que o seu publico gosta, quais assuntos mais o engaja,  quais as principais dúvidas – com essas informações em mãos, você pode pensar nos próximos passos.

Dica #8 Invista em Anúncios

Com as mudanças do digital, precisamos investir em anúncios para alcançar um número maior de pessoas. Contudo, não se esqueça de segmentar seu público e calcular o retorno do seu investimento.

Dica #9 Cuide de sua identidade visual

Mantenha uma unidade da comunicação e crie postagens bonitas – a primeira impressão é muito importante quando se trata de experiência do usuário. 

Dica #10 Abuse das ferramentas grátis

Existem ferramentas no mercado que te ajudam a monitorar o que é falado nas redes sociais (sobre você e seus concorrentes); outras plataformas te ajudam a gerenciar o atendimento, trackear sua campanha e tirar insights dos dados. Elas são fundamentais para que você entenda como os usuários estão se comportando com as suas ações e o que deve ser feito para melhorar sua performance!

Além disso, a Campus Party mostrou que temos muitas novidades no digital, mas que ainda existem muitas ideias bacanas por aí que ainda não estão sendo desenvolvidas – e aí, será que a próxima ideia não é sua?