Lomadee
Escrito por Lomadee

Buzz Marketing: disseminando de forma inovadora na web

O sucesso na divulgação de um produto, uma marca ou um serviço depende, cada vez mais, da capacidade de inovar. E uma das inovações que vêm ganhando projeção é o chamado “buzz marketing”.

O buzz marketing são várias técnicas que os profissionais de marketing utilizam para criar um falatório sobre um marca, produto ou serviço e, com isso, aumentar o tão cobiçado marketing boca a boca. O objetivo desta vertente do marketing é fazer com que mensagem pareça ter começado de fontes independentes e não da própria marca.

A palavra buzz é a onomatopéia, em inglês, do zumbido das moscas e abelhas. Uma frase abrasileirada que traduz o sentido de buzz seria “um passarinho me contou…”. E nós sabemos o efeito cascata que pode ter uma informação quentíssima contada por um “passarinho”, não é mesmo?

O buzz marketing é então uma “evolução” do marketing boca a boca. Esta técnica tomou uma dimensão e importância maiores com a popularização da web e das mídias sociais. Com o advento dos blogs e redes sociais, pessoas comuns passaram a ser formadoras de opinião e a terem leitores e seguidores fiéis. O que você escreve na internet pode ser lido e disseminado em todo o mundo, assim como as abelhas disseminam o pólen de flor em flor.

Muitas empresas já sabem que, na web, o que vale é a opinião do consumidor. Sendo assim, o céu é conseguir usuários que disseminem espontaneamente informações positivas a respeito de uma marca, produto ou serviço. Difícil não é mesmo? Daí o por que da capacidade de inovar do buzz marketing.

Porém muitas pessoas confundem o buzz marketing com o marketing viral, o que não é nada difícil. Por isso, vamos explicar a diferença entre um e outro.

O buzz marketing se aproveita de noticias e eventos para fazer com que as “pessoas certas” descubram, tornem-se entusiastas e passem a informação adiante. E que “pessoas certas” seriam essas? Basicamente internautas e blogueiros que são especialistas e/ou referência em um determinado assunto. Alguns especialistas de marketing chamam este público de “alfa”. São pessoas antenadas, que já conquistaram um vasto público de fiéis seguidores, e que estão sempre na vanguarda. As novidades chegam para eles antes, até mesmo, de chegarem à imprensa.  Em um segundo momento, esses formadores de opinião espalham a informação a quem interessar.

Já o marketing viral faz a disseminação da ideia sem se preocupar com o receptor, ou seja, ao invés de a informação ser passada, inicialmente, para um público seleto de formadores de opinião ela é “ventilada” para todos. O marketing viral é feito a partir da criação de mensagens divertidas ou informativas que são feitas para serem passadas adiante de modo exponencial, por e-mail ou eletronicamente.

Diante disso, podemos concluir que buzz marketing e marketing viral pretendem atingir de forma espontânea um grande número de pessoas. E ambos tem o mesmo objetivo: não parecerem, à primeira vista, uma ação de marketing. A diferença é que o buzz atinge inicialmente um público de nicho, e o viral preocupa-se em atingir a massa.

Você se recorda de ter visto alguma ação de buzz marketing na web? E de marketing viral? Você faz parte do grupo “alfa” de formadores de opinião na internet? Troque uma ideia conosco, deixando seu comentário!