Lomadee
Escrito por Lomadee

Cauda longa e os resultados do SEO

O conceito “Cauda Longa” (long tail), criado por Chris Anderson em 2004, quando aplicado para SEO aborda a eficiência do uso de termos genéricos e populares em relação aos termos específicos na quantidade de buscas/conversões na internet. Pesquisas recentes apontam que palavras-chave mais “amplas” (head tail) são responsáveis por menos de 30% do total de buscas realizadas, enquanto palavras voltadas para nichos específicos representam 70%.

Vamos exemplificar, imagine que uma mulher está buscando por um vestido para usar como madrinha de casamento. Ao fazer uma busca online, dificilmente ela usará o termo “vestido”, pois sabe que a palavra resultará em inúmeros sites com todos os tipos de vestidos possíveis. Ela será mais criteriosa, usando palavras-chave de cauda longa, como “vestido festa”, “vestido madrinha” ou “vestido casamento”.

Isso não quer dizer que as palavras-chave de cauda longa são mais importantes do que o head tail, na verdade, elas ajudam a reforçar o termo principal. As ferramentas de busca, por sua vez, analisam o conteúdo e destacam os sites que apresentam os mais variados termos cauda longa, ou seja, as palavras no campo semântico do assunto. Por isso, o uso do conceito cauda longa é essencial para o bom desenvolvimento da estrutura SEO.

Além disso, os termos long tail ajudam a criar e a aumentar a reputação do site em um determinado nicho, pois ele passa a ser reconhecido como uma fonte especialista no assunto. Portanto, torne seu conteúdo o mais específico e profundo possível para otimizar o SEO do seu site com o conceito de cauda longa.