Lomadee
Escrito por Lomadee

Contratação de Influenciadores Digitais agora tem apoio de Código de Conduta \o/

A profissionalização do mercado de mídia on-line já é uma realidade e nós sabemos o quanto ela tem sido importante para que marcas, agências e influenciadores digitais tenham uma relação cada vez mais saudável e profissional.

 

A ascensão do Marketing de Influência demonstrou aos criadores de conteúdo digitais e às marcas, como a produção de conteúdo on-line é uma poderosa estratégia de comunicação, publicidade e fonte de renda.

 

Nós sabemos que os produtores de conteúdo digital já assumem um papel relevante no engajamento de audiências e na decisão de compra - 35% dos seguidores de influenciadores digitais afirmam ter se engajado em algum tipo de causa por recomendações dessas pessoas em suas redes, segundo dados do Influence Impact Report 2017, da Allison+Partners.

 

E agora chegou o momento de profissionalizarmos essa relação! E pensando nisso, a ABRADI - Associação Brasileira dos Agentes Digitais – lançou, nesse mês, o Código de Conduta Para Agências Digitais na Contratação de Influenciadores.

http://www.abradi.com.br/wp-content/uploads/2017/07/Abradi-Influenciadores.pdf

 

“A iniciativa acompanha a grande transformação que os meios digitais têm provocado no setor de comunicação, no comércio eletrônico e no consumo de mídia digital pela população em geral. Segundo pesquisa recente do eMarketer, 45% dos consumidores em todo o mundo usam as redes sociais para orientar suas decisões de compra, e os influenciadores têm papel importante nesse processo.” Afirma Alexandre Gibotti, diretor executivo da ABRADI.

 

Vemos que o mercado está mudando muito rápido e os meios tradicionais, apesar de ainda presentes, estão dividindo espaço com o mercado do conteúdo on-line. Tom Davis, da Forbes Media afirma que há 5 anos atrás 80% da receita de mídia da empresa resultava da mídia impressa, enquanto agora ela é de apenas 20%.

 

Ainda mais quando falamos de América Latina, onde o brasileiro passa cerca de 9h por dia conectado e a média desse tempo é 60% maior que a média mundial, especialmente entre os jovens de 15 a 34 anos, que o acesso é frequente e a porcentagem da população acessando mídias sociais aumenta a cada ano  – Alexa, We are Social, Cisco.

 

A Lomadee contribuiu com a revisão das práticas contidas no Código de Conduta, pois acredita no empoderamento e na profissionalização do mercado de publicidade on-line. Nossa gerente de marketing e comunicação, Paola Dionizio, comenta que “Documentar e esclarecer os papeis dos influenciadores digitais, marcas e agências, vai contribuir fortemente para o desenvolvimento da atividade”.

 

Boa leitura!